Para Metamorphosis: Titian 2012 foram convocados Chris Ofili, Nico Muhly, Christopher Wheeldon e Seamus Heaney

Todos por Ticiano no Royal Ballet

13.07.2012
diminuiraumentar


O pintor renascentista Ticiano (c. 1488-1576) é uma das estrelas deste Verão olímpico em Londres: não só na National Gallery, onde desde anteontem, em Metamorphosis: Titian 2012, um grupo de novas peças especialmente encomendadas para o efeito responde a três obras suas (Diana e Actéon, A Morte de Actéon e Diana e Calisto) que já não eram vistas juntas desde o século XVIII, mas também na Royal Opera House, onde uma criação com o mesmo nome marca, a partir de amanhã, a despedida, em grande, da directora do Royal Ballet, Monica Mason.

Metamorphosis: Titian 2012, o ballet, é uma parada de estrelas: cenário dos artistas britânicos Chris Ofili, Mark Wallinger e Conrad Shawcross, banda sonora de Nico Muhly e Mark-Anthony Turnage, coreografia de Christopher Wheeldon e Wayne McGregor, todos desafiados a reagir à mesma série de pinturas que Ticiano criou sobre o mito de Diana e Actéon, a partir de um célebre poema de Ovídio, Metamorfoses. Completando a viagem, um livro - Metamorphosis: Poems inspired by Titian - acompanhará o espectáculo, que fica em cena até dia 20: trata-se de uma colectânea de inéditos encomendados a 14 poetas, incluindo Seamus Heaney, Carol Ann Duffy e Simon Armitage.