Leia também
Agora que já não tem nada para provar a ninguém, Lucas vai para a garagem dar largas ao seu prazer
FRANCOIS GUILLOT/ AFP

George Lucas vai para a garagem fazer filmezinhos experimentais

08.06.2012
diminuiraumentar


Confirma, em entrevista à revista britânica Empire, o que já dera a entender num perfil no New York Times em Janeiro: vai fazer filmezinhos experimentais que não tem de mostrar a ninguém, deixando para trás a saga de Luke Skywalker e Han Solo e a gestão da sua produtora Lucasfilm.

Será da geração? Primeiro, Francis Ford Coppola virou costas a Hollywood para produzir os seus próprios filmes (Uma Segunda Juventude, Tetro) com o seu próprio dinheiro e em absoluta independência. Agora, o seu velho amigo George Lucas, 67 anos, o criador da Guerra das Estrelas, confirma (em entrevista à revista britânica Empire) o que já dera a entender num longo perfil no New York Times em Janeiro: vai para a garagem fazer filmezinhos experimentais que não tem de mostrar a ninguém, deixando para trás a saga de Luke Skywalker e Han Solo e a gestão da sua produtora Lucasfilm. Não é de espantar- como sabe quem conhece o seu primeiro filme, THX-1138, Lucas sempre se sentiu mais à vontade no lado técnico e experimental e o sucesso da Guerra das Estrelas acabou por apanhá-lo de surpresa. O seu último projecto como criativo mainstream está concluído - Red Tails, um filme de guerra sobre os feitos verídicos de uma esquadrilha de aviadores negros americanos na Segunda Guerra Mundial, que desenvolveu ao longo de anos e entregou para realização a Anthony Hemingway, que estreou em Janeiro nos Estados Unidos com um sucesso honroso de bilheteira. Parte do seu desencanto vem do desinteresse assumido dos estúdios americanos por Red Tails - nenhum estúdio americano quis financiá-lo ou distribuí-lo, levando o próprio Lucas a pagar à Fox pelos serviços de distribuição. A outra parte vem das dores de cabeça que os fãs da Guerra das Estrelas lhe dão pelas suas constantes "revisões" e "anexos" à saga. Agora que já não tem nada para provar a ninguém, Lucas vai para a garagem dar largas ao seu prazer. Em suspenso ficam uma possível série televisiva ambientada no universo da saga e uma eventual quinta aventura de Indiana Jones.