Leia também
Tony Scott em Paris, em Julho de 2009 (Foto: François Guillot/AFP/arquivo)

Realizador Tony Scott suicidou-se aos 68 anos

20.08.2012 - AFP
diminuiraumentar


O realizador Tony Scott, famoso por filmes como "Top Gun", suicidou-se aos 68 anos, neste domingo, ao saltar de uma ponte em San Pedro, na Califórnia, segundo o instituto médico-legal de Los Angeles

O corpo do cineasta, irmão do realizador Ridley Scott, foi retirado das águas junto à ponte Vincent Thomas, a sul de Los Angeles, pouco antes das 15h locais (22h, hora de Lisboa). Segundo a polícia, uma nota escrita pelo próprio realizador, encontrada no seu automóvel, junto à ponte, mostrava a sua intenção de cometer suicídio.

Cerca de duas horas antes, um transeunte avisou a polícia depois de ter visto um homem a atirar-se da ponte, às 12h30 locais (20h30 em Lisboa), precisou Joseph Bale, do instituto médico-legal de Los Angeles. Horas depois, o homem foi identificado como sendo Tony Scott, acrescentou Joseph Bale.

"Confirmo que Tony Scott morreu", declarou Katherine Rowe, uma das porta-vozes do cineasta. "Não haverá mais nenhum filme de Tony Scott. É um dia trágico", escreveu no Twitter o cineasta norte-americano Ron Howard.

Além do seu grande sucesso "Top Gun" (1986) - no qual Tom Cruise tem o papel principal, como piloto da Força Aérea norte-americana -, Tony Scott realizou vários filmes, como "Inimigo do Estado" (1998) e "Jogo de Espiões" (2001).

Tony Scott nasceu em 1944 em Northumberland, Inglaterra. Depois dos estudos de arte gráfica em Londres, criou com o seu irmão Ridley Scott, em 1973, uma empresa de publicidade, a RSA. Desde então, os dois irmãos não mais deixaram de trabalhar juntos. Recentemente foram co-produtores das séries televisivas "The Good Wife" e "Numb3rs", para a estação de televisão CBS. Tony Scott produziu o último filme de ficção-científica do irmão, "Prometheus". O seu último filme enquanto realizador foi "Unstopplable" (2010).